Palestrantes

Clique no nome do convidado e confira o minicurrículo:

ANDREA CAROLINA ENCALADA ROMERO
ANDREA CAROLINA ENCALADA ROMERO
• Director, Laboratorio de Ecología Acuática, Universidad San Francisco de Quito • Full Profesor, Colegio de Ciencias Biológicas y Ambientales, Universidad San Francisco de Quito • Adjunct Researcher, IMAR-CMA, Department of Life Sciences, University of Coimbra, Portugal

ASSOCIAÇÃO ECUATORIANA DE LIMNOLOGIA
Quito
Equador



ANDRÉ MEGALI AMADO
ANDRÉ MEGALI AMADO
Formado na UFRJ (Doutorado em Ecologia), sou docente da UFRN desde 2008 e estou na UFJF desde 2016. Atuo na área de Ecologia de Microorganismos Aquáticos, Ciclagem de Nutrientes, EstequiometriaEcológica e Decomposição da matéria orgânica. Atuo há um ano como editor associado do periódico Acta Limnológica Brasiliensia e como Vice-Coordenador dp PPG Ecologia da UFJF. Publiquei pouco mais de 30 artigos científicos durante a minha trajetória acadêmica e sou bolsista de produtividade 2 do CNPq.

UFJF/UFRN
JUIZ DE FORA/MG
Brasil



CARLOS HIROO SAITO
CARLOS HIROO SAITO
Professor efetivo, classe Titular, com dupla lotação no Departamento de Ecologia e no Centro de Desenvolvimento Sustentável, atualmente é Vice-Diretor do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Brasília. Orienta no Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável (nota 7 na área de Ciências Ambientais). Formado em Licenciatura Plena em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985), e Análise de Sistemas pela PUC/RJ (1990), tem mestrado em Educação pela Universidade Federal Fluminense (1990) e doutorado em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996), com ênfase em Geoprocessamento. Conduz trabalhos com uma abordagem interdisciplinar nas linhas de pesquisa de Educação Ambiental, Segurança Hídrica e de Gestão do Território. Atualmente é Presidente da Regional Sul-Americana da Global Water Partnership-GWP. Membro do Conselho Deliberativo do FNMA/MMA. Membro do Conselho Universitário (Consuni) da UnB. Co-editor responsável pela Revista Sustentabilidade em Debate. Membro do comitê gestor do projeto INCT aprovado ODISSEIA - Observatório das dinâmicas socioambientais: Sustentabilidade e adaptação às mudanças climáticas, ambientais e demográficas. É parecerista de diversas revistas internacionais e nacionais.

UNB
Brasília/DF
Brasil



CHRISTINA WYSS CASTELO BRANCO
CHRISTINA WYSS CASTELO BRANCO
Possuo graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1979), mestrado em Ecologia pela Universidade de Brasília (1991) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998). Atualmente sou Professora Titular da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), coordenando projetos institucionais na Área de Ecologia Aquática. Tenho experiência em Limnologia, atuando nos seguintes temas: lagoas costeiras, reservatórios de hidrelétricas, taxonomia e ecologia do plâncton lacustre, dieta alimentar de peixes neotropicais e indicadores biológicos de impactos antrópicos. Fui coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciências (Biodiversidade Neotropical) do Instituto de Biociências da UNIRIO de 2010 a 2012. I have a Bachelor Degree in Biological Sciences from the Federal University of Rio de Janeiro (1979), Master in Ecology from the University of Brasilia (1991) and Ph.D. in Biological Sciences (Environmental Biophysics) from the Federal University of Rio de Janeiro (1998). I am the current Full Professor at the Federal University of the State of Rio de Janeiro (UNIRIO), coordinating institutional projects in the area of Aquatic Ecology. I have expertise in Limnology, acting on the following topics: coastal lagoons, hydroelectric reservoirs, freshwater plankton taxonomy and ecology, diet of Neotropical fishes and biological indicators of anthropogenic impacts. I was Coordinator of the Graduate Program in Science (Neotropical Biodiversity), Institute of Biosciences UNIRIO from 2010 to 2012

ABLIMNO
RIO DE JANEIRO/RJ
Brasil



CLAUDIA COSTA BONECKER
CLAUDIA COSTA BONECKER
Doutora emCiências Ambientais/UEM. Docente dos Programas de Pós-Graduação em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais e Biologia Comparada/UEM. Tem experiência na área de Ecologia de comunidades, com ênfase em biodiversidade e ecologia de zooplâncton. Foi coordenadora acadêmica do DINTER UFPI-UEM/CAPES/2012 a 2016. Pesquisadora de Produtividade em Pesquisa do CNPq, desde 2000. Atualmente é Coordenadora do Projeto PELD PIAP/CNPq.

NUPÉLIA - UEM
MARINGA/PR
Brasil



ESTEBAN BALSEIRO
ESTEBAN BALSEIRO
Esteban Balseiro is a Full Professor at the Department of Ecology at the University of Comahue, Argentina, and CONICET Researcher and Director of INIBIOMA, an institute for the research on biodiversity and the environment at Bariloche, Patagonia, Argentina.His research interests are ecological stoichiometry and climate change, particularly how climate change affects elemental balances in oligotrophic lakes of Patagonia. He has been working in planktonic food webs, nutrient recycling and how high C:P ratios affect zooplankton species distribution. Stressors as UVR were also analyzed in the context of elemental imbalances and more recently the effect of glacier recession these ultraoligotrophic lakes and the elemental ratios were also considered.

CONICET
Argentina



EVOY ZANIBONI FILHO
EVOY ZANIBONI FILHO
Professor Titular da Universidade Federal de Santa Catarina, vinculado ao Departamento de Aquicultura e bolsista de produtividade ligado ao Comitê Assessor de Aquicultura e Recursos Pesqueiros do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Atua na área de piscicultura, com ênfase em espécies de peixes Sul-americanos, e na área de biologia e ecologia de peixes na região do alto rio Uruguai. Possui graduação em Oceanologia pela Fundação Universidade Federal do Rio Grande (1981), mestrado em Biologia de Água Doce e Pesca Interior pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (1985) e doutorado em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos (1992). Entre 2008 e 2009 realizou estágio pós-doutoral junto ao Instituto Politécnico da Virginia - Virginia Tech, Estados Unidos.

UFSC
Florianópolis/SC
Brasil



FABIO RUBIO SCARANO
FABIO RUBIO SCARANO
Engenheiro florestal (UnB), Ph.D. em Ecologia (Universidade de St. Andrews, Escócia), e professor de Ecologia (UFRJ) desde 1993. Passagens pela CAPES/MEC, Jardim Botânico do Rio, Conservation International, Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável, e nos painéis da ONU para o clima (IPCC) e biodiversidade (IPBES). Coordena a Plataforma Brasileira de Biodiversidade e Serviços Ecossistêmico (BPBES). Tem dois prêmios Jabuti de literatura na área de ciências naturais.

UFRJ
Rio de Janeiro/RJ
Brasil



FRANCISCO ANTÔNIO RODRIGUES BARBOSA
FRANCISCO ANTÔNIO RODRIGUES BARBOSA
Possui graduação em História Natural pela Universidade Federal de Minas Gerais (1973), mestrado em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos (1979), doutorado em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos (1981) e pós-doutorado em ecofisiologia de algas pelo Institute of Freshwater Ecology-Inglaterra. Atualmente é pesquisador 1 B do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, professor titular da Universidade Federal de Minas Gerais e coordenador do curso de especialização em Gerenciamento municipal de recursos hídricos do ICB/UFMG. Tem experiência na área de Ecologia/Limnologia, com ênfase em ecologia e conservação de ecossistemas aquáticos, atuando principalmente nos seguintes temas: produtividade primária, ecologia do fitoplâncton, conservação da biodiversidade aquática, qualidade de água.

ISTAP - PAINEL INDEPENDENTE DO RIO DOCE/IUCN
BELO HORIZONTE/MG
Brasil



FRANCISCO DE ASSIS ESTEVES
FRANCISCO DE ASSIS ESTEVES
Possui graduação em Biologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1973) e doutorado pelo Max-Plack Insitut für Limnologie - Universitat Kiel (Christian-Albrechts) (1978). Atualmente é vice-diretor do Instituto de Biodiversidade de Sustentabilidade (NUPEM/UFRJ) do qual foi fundador. É Professor Titular e membro do Conselho Universitário da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia de Ecossistemas Aquáticos, atuando principalmente nos seguintes temas: ecologia de ecossistemas, ambientes aquáticos, lagoas costeiras, macrófitas aquáticas e ciclos biogeoquímicos. Além disso tem atuação em educação ambiental e divulgação científica com ênfase em Ecologia, também contando com experiênica pioneira na recuperação de ecossistemas aquáticos continentais no Brasil.

UFRJ
Rio de Janeiro/RJ
Brasil



INÉS O‘FARRELL
INÉS O‘FARRELL
Es investigadora Principal del Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas (CONICET) de Argentina. Su lugar de trabajo es el Instituto de Ecología Genética y Evolución de Buenos Aires en la Facultad de Ciencias Exactas y Naturales de la Universidad de Buenos Aires. Dicta cursos de posgrado en la Maestría de Ciencias Ambientales y en el Doctorados de Ciencias Biológicas de la FCEN (UBA). Es la Vice-presidenta de la Sociedad Internacional de Limnología (SIL) representando a los países en vías de desarrollo y Asesora Adjunta de la Comisión Administradora del Río Uruguay (CARU). Ha publicado 57 artículos y fue co-editora de dos libros. Sus estudios abordan la ecología del fitoplancton, especialmente de las cianobacterias formadoras de floraciones, en relación a los recursos y a la calidad del agua en ríos, embalses y lagunas. Actualmente trabaja para lograr una aproximación para la evaluación de riesgo, manejo y regulación de las floraciones de cianobacterias y las cianotoxinas en la Argentina. También investiga la diversidad taxonómica y funcional de las comunidades planctónicas en humedales aluviales a lo largo de gradientes espaciales determinados por la ausencia/presencia de distintos tipos de vegetación y en relación a variaciones estacionales e hidrométricas en las lagunas de inundación.

SOCIEDADE INTERNACIONAL DE LIMNOLOGIA
Buenos Aires
Argentina



JAQUELINE ISABEL DE SOUZA
JAQUELINE ISABEL DE SOUZA
Graduada em Engenharia Ambiental pela Universidade do Vale do Itajaí. Trabalhou com estudos de monitoramento de qualidade de água, estudos de cargas poluentes em bacias hidrográficas, e também em comitê de bacia hidrográfica. Atua como Diretora de Recursos Hídricos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável desde maio de 2019. Trabalhou por 4 anos na área de projetos inovadores e ferramentas econômicas, como Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), com foco em biodiversidade, recursos hídricos, mudanças climáticas e políticas públicas.

SECRETARIA DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO SUSTENTÁVEL
Florianópolis/SC
Brasil



JEAN CARLO GONÇALVES ORTEGA
JEAN CARLO GONÇALVES ORTEGA
Sou um limnólogo interessado em como fatores ambientais (heterogeneidade ambiental, conectividade e temperatura) e impactos antropogênicos (construção de reservatórios e introdução de espécies) influenciam a estrutura de comunidades. Para tanto, frequentemente utilizo peixes em planícies de inundação e reservatórios como sistema de estudo. Atualmente sou pós-doutorando no Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Evolução, Universidade Federal de Goiás.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS
GOIÂNIA/GO
Brasil



JORGE ENOCH FURQUIM WERNECK LIMA
JORGE ENOCH FURQUIM WERNECK LIMA
Engenheiro Agrícola com Doutorado em Hidrologia. Pesquisador da EMBRAPA cedido para atuar como Diretor da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal – ADASA. Autor de diversos livros e mais de 200 publicações na área de Recursos Hídricos. Foi coordenador técnico do 8º Fórum Mundial da Água. Atualmente é Governador do Conselho Mundial da Água.

ADASA
Brasília/DF
Brasil



JORGE NIMPTSCH
JORGE NIMPTSCH
Prof. Dr. Jorge Nimptsch is Professor at Institute of Marine and Limnological Sciences, Universidad Austral de Chile. His research interest are Water and all aspects of limnology, where bloom forming cyanobacteria and their secondary bioactive metabolites act as stressors. Recent work has focused on changes in land use on freshwater quality. Additional research interest is in applied such as aquaculture practices and effects on freshwater ecosystems.He is actively involved in several national and international research projects. Born in Santiago de Chile, he obtained his Diploma (Master Degree) from Universidad de Valparaíso (2000), his PhD from Humboldt University Berlin (2005), Post doctoral studies at the Leibniz Institute of Freshwater Ecology and Inland Fisheries (IGB Berlin) and became Professor at the Universidad Austral de Chile(since 2011).Since 2017 he has been president of the Chilean limnology society.

SOCIEDADE CHILENA DE LIMNOLOGIA
Chile

JOSÉ FRANCISCO GONÇALVES JUNIOR
JOSÉ FRANCISCO GONÇALVES JUNIOR
Possui graduação em Ciência Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995), mestrado em Ecologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1999) e doutorado em Ecologia (Conservação e Manejo da Vida Silvestre) pela Universidade Federal de Minas Gerais (2005). Atualmente é professor Associado no Departamento de Ecologia-IB da Universidade de Brasília. Atua como membro permanente dos Programas de Pós-Graduação em Ecologia, do PPG-Ciências Ambientais-CIAMB ambos na UnB e do PPG-Biodiversidade e Uso dos Recursos Naturais-BURN formando um total de 5 estudantes de doutorado, 10 estudantes de mestrado e inúmeros estudantes de graduação. Atualmente coordena o grupo de pesquisa do CNPq AquaRiparia. Tem experiência na área de Ecologia de ecossistemas, com ênfase em Limnologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Decomposição de detritos vegetais em ecossistemas aquáticos, Dinâmica de matéria orgânica vegetal em zona ripária, Macroinvertebrados bentônicos, Bioindicadores, Avaliação de Impactos Ambientais. Seus estudos tem sido desenvolvidos nos seguintes Biomas brasileiros: Amazônia, Floresta Atlântica, Savana Brasileira/Cerrado e Caatinga.

UNB
Brasília/DF
Brasil

KARLING FERNANDA SCHUSTER
KARLING FERNANDA SCHUSTER
Bióloga, Mestre em Ciências Ambientais (Unochapecó). Atua como Bióloga na Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (CASAN) desde 2019, desenvolvendo trabalhos na área de cianobactérias, cianotoxinas, contaminantes ambientais e qualidade da água para consumo humano. Membro titular do Comitê de Bacias Chapecó-Irani e regiões contíguas.

CASAN
Chapecó/SC
Brasil

KEMAL ALI GER
KEMAL ALI GER
Possui doutorado em Geografia Ambiental (revalidado em Ecologia) pela Universidade da California, Davis (2008). Professor do magistério superior (Adjunto-A) do Departamento Interdisciplinar da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Campus Litoral Norte (CLN/UFRGS). A linha de pesquisa inclui a fisiologia, a ecologia e a evolução do plâncton. Sua pesquisa é baseada em ecologia experimental para entender a dinâmica trófica, enfatizando as interações entre produtores e consumidores, traços defensivos e ofensivos, e adaptação fenotípica e genotípica à mudança global. Compreender o efeito de mudanças globais como a eutrofização e o clima na estrutura e função dos ecossistemas pelágicos é um objetivo chave em sua pesquisa, com implicações na qualidade da água e na produtividade dos ecossistemas aquáticos. Tem colaborações com grupos da pesquisa no Brasil, EUA, Holanda, e Turquia.

UFRGS
Porto Alegre/RS
Brasil

LUCIANA GOMES BARBOSA
LUCIANA GOMES BARBOSA
Dra. Luciana Gomes Barbosa é Doutora em Ecologia e professor associado de Ecologia e Ecologia Aquática na Universidade Federal da Paraíba, Brasil. Ela é a fundadora e presidente da Rede Internacional de Limnologia de Terras Secas (INLD). Seu principal interesse de pesquisa concentra-se nos efeitos da seca e em múltiplos estressores, como a salinidade e eutrofização, na resiliência dos ecossistemas de terras secas e comunidades aquáticas. Assim, o principal interesse se sobrepõe aos principais objetivos do INLD, na busca de padrões e principais fatores que orientam a estrutura das comunidades biológicas nos ecossistemas de água doce em regiões semiáridas e áridas.

SOCIEDADE INTERNACIONAL DE LIMNOLOGIA
João Pessoa/PB
Brasil

LUIS EDUARDO AUBRIOT BENIA
LUIS EDUARDO AUBRIOT BENIA
Es investigador y docente full time de la Facultad de Ciencias, Universidad de la República, Sección Limnología, Profesor Adjunto de Posgrado en Biología y Geociencias (PEDECIBA). Doctor (PhD) en Ciencias Biológicas, con supervisión de la Academia de Ciencias de Austria. Especializado en Ecología Acuática y Eco-fisiología de Cianobacterias. Integra el Sistema Nacional de Investigadores y el Grupo de Ecología y Fisiología de Fitoplancton. Fue Editor Asociado de la revista Hydrobiologia.

FACULTAD DE CIENCIAS - UDELAR
Uruguai

MARCELO MANZI MARINHO
MARCELO MANZI MARINHO
Professor Associado do Instituto de Biologia Roberto Alcantara GOMES da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde coordena o Laboratório de Ecologia e Fisiologia do Fitoplâncton. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Limnologia, atuando principalmente nos seguintes temas: ecologia do fitoplâncton, ecofisiologia de cianobactérias, limnologia de reservatórios e lagoas costeiras. Seu principal interesse científico e área de pesquisa é o controle da eutrofização e mitigação de florações nocivas de cianobactérias.

UERJ
RIO DE JANEIRO/RJ
Brasil

NATHAN OLIVEIRA BARROS
NATHAN OLIVEIRA BARROS
Possui graduação em Ciências Biológicas e mestrado em ecologia pela UFJF e doutorado em Ecologia pela UFRJ. Foi bolsista de pós-doutorado na Radboud University Nijmegen, na Holanda, e atualmente é professor do departamento de Biologia e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ecologia da Universidade Federal de Juiz de Fora. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia aquática, atuando principalmente no tema produção e emissão de GHG em ecossistemas aquáticos.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA
SIMAO PEREIRA/MG
Brasil

ONIVALDO RANDIG
ONIVALDO RANDIG
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Maria, RS (1994), mestrado em Fitossanidade pela Universidade Federal de Pelotas, RS (1997) e doutorado em Biologia - Parasitologia - Université de Perpignan, França (2002). Foi bolsista recém-mestre na Embrapa Clima Temperado (1997 - 1998) e bolsista de pós-doutorado na Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia (2003 ? 2004). Desde 2004 trabalha como analista em ciência e tecnologia no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico ? CNPq, onde ocupou os cargos de coordenador técnico substituto (2006 ? 2008) e coordenador técnico (2008) na Coordenação do Programa de Pesquisa em Agropecuária e do Agronegócio; coordenador técnico (2009 ? 2012) na Coordenação do Programa de Pesquisa em Gestão e Ecossistemas e; coordenador geral (2012 ? atual) na Coordenação do Programa de Pesquisa em Ciência da Terra e do Meio Ambiente.

CNPq
Brasília/DF
Brasil

ROBERT D DOYLE
ROBERT D DOYLE
Dr. Robert Doyle is a Professor of Biology at Baylor University in Waco, Texas where he is Director of the Center for Reservoir and Aquatic Systems Research (CRASR). Dr. Doyle served as chair of the Department of Biology 2004-2016. Dr. Doyle completed his B.S. and M.S. at Baylor University and the Ph.D. at the University of Maryland in 1991. For his M.S. degree he studied the phytoplankton production of topical Lake Chapala, Mexico. For his Ph.D. he participated in an NSF funded research program in collaboration with the Instituto Nacional de Pesquisas da Amazonia (INPA) where he investigated the ecology of the “floating meadows” of the Amazon floodplain. Doyle’s lab at Baylor focuses on various aspects of shallow water systems including inland and coastal wetlands, reservoirs and small constructed pond ecosystems. Recent research efforts have focused on periphyton/metaphyton production and nutrient cycling, biogeochemical roles of small coastal depressional wetlands and small impoundments (farm ponds) in the watershed, quantification of bioavailable carbon in rivers and restoration of spring-fed river ecosystems. In addition, Dr. Doyle has provided regional leadership in developing environmental education programs related to aquatic and wetland environments. Dr. Doyle has strong ties to Brazil. He grew up in Manaus, Brazil and was educated in the Brazilian school system through high school. In addition to conducting his Ph.D. research in Manaus many years ago, he has remained actively engaged in Brazil. He and his wife (Dr Eva Doyle) co-direct a study abroad program (Baylor in Brazil) which bring Baylor students to Brazil. Dr. Eva Doyle is chair of the Department of Public Health at Baylor for the past 13 years has brought public health students to the state of Espirito Santo where they spend five weeks learning of the realities and challenges of public health in that region. Dr. Robert Doyle now hopes to expand the participation of students interested in aquatic sciences in this program.

BAYLOR UNIVERSITY
Estados Unidos

RONALDO BORGES BARTHEM
RONALDO BORGES BARTHEM
Possui graduação em Bacharelado Em Biologia Marinha pela Universidade Federal do Rio de Janeiro(1977), mestrado em Biologia de Água Doce e Pesca Interior pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia(1981) e doutorado em Ecologia pela Universidade Estadual de Campinas(1990). Atualmente é PESQUISADOR TITULAR da Museu Paraense Emílio Goeldi. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia de Ecossistemas. Atuando principalmente nos seguintes temas:Dinamica de Populacao, Migracao, Amazonia, Baia de Marajo, Brachyplatystoma Vaillantii e Limnologia.

UFPA
Belém/PA
Brasil

SANDRA MARIA FELICIANO DE OLIVEIRA E AZEVEDO
SANDRA MARIA FELICIANO DE OLIVEIRA E AZEVEDO
Profa. Titular do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ. Atua há mais de 30 anos em questões relacionadas à ocorrência de cianobactérias tóxicas em mananciais brasileiros. Tem atuado como consultora da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde em temas relacionados à qualidade da água e ocorrência de cianobactérias tóxicas. Já formou 24 doutores e 23 mestres.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
RIO DE JANEIRO/RJ
Brasil

STUART BUNN
STUART BUNN
Director of the Australian Rivers Institute- Griffith University Professor Bunn is the Director of the Australian Rivers Institute at Griffith University in Brisbane, Australia. His major research interests are in the ecology of river and wetland systems with a particular focus on the science to underpin river management, and he has published widely on this topic. Stuart has extensive experience working with international and Australian government agencies and with industry on water resource management issues. He was recently appointed as a member of the Murray-Darling Basin Authority and has previously served as an Australian National Water Commissioner, the Chair of the Scientific Advisory Panel for the Lake Eyre Basin Ministerial Forum, and as a Director of Land and Water Australia. He also chairsthe Science Committee for Healthy Land and Water Limited and is a member of the International Planning Committee for the Sustainable Water Future Programme.

AUSTRALIAN RIVERS INSTITUTE - GRIFFITH UNIVERSITY
Austrália




Ilha de Santa Catarina

Um local repleto de encantos e povo hospitaleiro






Infraestrutura hoteleira completa

Hospedagem

Local do Evento

Centro de Convenções CentroSul

Totalmente climatizado e com vista de cartão postal, está localizado estrategicamente no centro da cidade, próximo do terminal rodoviário, aeroporto e da ampla rede hoteleira composta por mais de 18 mil leitos. Disponibiliza atualmente 16.560 m² de área construída, divididos em dois pavimentos, com salas modulares para acomodar até 3.500 pessoas confortavelmente sentadas e dois salões de exposição para até 13.000 pessoas.

Av. Gov. Gustavo Richard, 850 - Centro, Florianópolis - SC, 88010-290


Promoção



Realização



Expositores e Patrocinadores



Apoio



Secretaria Executiva


Gerenciamento e Comercialização